Curta e Compartilhe!

Geral

Saiba quais são os cuidados essenciais para conservar a pintura do seu carro

Publicado

on

lataria de carro vermelho novo

Todo motorista que se preocupa com a estética do seu automóvel precisa aprender como conservar a pintura do carro. Afinal, ela é um dos elementos mais importantes para a beleza de um veículo.

Além de ser essencial para deixar um carro bonito, a pintura ainda tem papel de proteção importante dentro do automóvel. Isso porque a maioria delas tem um elemento impermeabilizante, que pode conservar o veículo em épocas de chuva.

Por isso, é essencial aprender como conservar a pintura do carro e não correr o risco de ter algum problema por causa dela. Quer saber os principais cuidados a ter em mente nessa área? Então siga a leitura abaixo!

Proteja o automóvel do Sol para conservar a pintura do carro

Considerando os hábitos do brasileiro, é seguro afirmar que a maior parte de nós prefere o Verão ao Inverno. No entanto, essa estação traz sérios riscos para a pintura dos nossos carros.

Os fortes raios do Sol e a temperatura elevada do Verão causam mudanças na coloração do automóvel, normalmente “desbotando” os tons e deixando o carro mais feio.

Por isso, é importante aprender como proteger o veículo do contato direto com a luz do Sol de modo a conservar a pintura do carro da melhor maneira possível.

Proteja o carro da maresia se morar no litoral

Para quem mora no litoral do país, ou costuma ir para a praia com frequência, um dos principais cuidados para conservar a pintura do carro é protegê-lo da maresia.

A lógica é a mesma do Sol: a umidade cheia de sal no ar nas cidades litorâneas pode causar dano na pintura do seu veículo.

Honestamente, os danos na pintura podem ser os menores que a maresia causa, já que ela pode interferir nos sistemas elétricos do automóvel (interferindo no freio ABS, por exemplo), além de danificar filtros e outras peças.

Por isso, quando estiver em uma cidade litorânea, procure por uma garagem fechada para estacionar o carro e o cubra com um pano grande o suficiente para segurar a maresia.

Passe cera e polimento no seu carro com frequência

Com quanta frequência você costuma polir e encerar o seu carro? O ideal é tentar realizar o procedimento a cada 2 meses ou seis lavagens.

Isso porque a cera e o polimento feito no veículo ajudam a criar uma camada protetora que evita que a luz do Sol, a maresia e outros elementos ataquem diretamente a tinta do veículo.

Assim, esses materiais atuam como um escudo protetivo. No entanto, é importante não realizar o procedimento com frequência demais já que muito uso desses produtos pode ter efeito oposto e causar danos à pintura.

Lave seu carro corretamente para preservar a sua pintura

Se você não pode passar a cera ou o polimento todas as semanas, pode fazer outra atitude que ajudará a manter a pintura do seu automóvel conservada: lavar o carro.

Não precisa fazer isso toda semana, claro, mas uma vez a cada 15 dias ou um pouco mais já é interessante.

A limpeza do lado de fora deve ser feita só com água e um detergente neutro ou um detergente exclusivo para automóveis. Use uma esponja macia para limpar a lataria do automóvel e só utilize uma escova com cerdas nas partes mais críticas, como o interior das rodas e os pneus.

Faça uma descontaminação do carro de vez em quando

Mesmo com a lavagem, é comum que pequenas partículas encontrem um lugar para viver na lataria do seu carro.

Mesmo esfregando bem, você não conseguirá removê-las. Se deixá-las ali, elas podem acumular e eventualmente causar danos na pintura do seu carro.

Por isso, vale a pena fazer uma descontaminação do automóvel de vez em quando. Esse procedimento, que é um pouco agressivo, usa uma massa de argila para “esfregar” no veículo como se fosse um produto esfoliante. Ele retira as partículas e deixa a lataria do carro pronta para receber um cuidado de cera e polimento.

Realize uma vitrificação para uma segurança extra

Para conservar a pintura do carro, é necessário investir em técnicas e camadas de segurança que ajudam a proteger a tinta de elementos exteriores que causem agressões.

Um dos elementos mais eficazes dentro de um pacote de cuidado profissional de carro é a vitrificação. Trata-se de um procedimento em que nano partículos de vidro são adicionadas em toda a pintura do automóvel para criar uma camada protetora praticamente impenetrável.

A resistência do procedimento é tão poderosa que o carro pode rodar até 3 anos sem precisar realizar a vitrificação novamente. No entanto, costuma ser um processo caro, custando mais de R$1.000,00 para ser realizado.

Com esses cuidados, ficará mais fácil conservar a pintura do carro que você tem na garagem. É fato que algumas das proteções são mais caras do que as outras, mas dá para montar uma estratégia de manutenção adequada para qualquer orçamento.

E aí, gostou do conteúdo? Então conte pra gente como você faz para conservar a pintura do seu automóvel!

Comentar

Comente a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Curiosidades

Cuidados com o pet: 5 formas de prevenir doenças

Publicado

on

É fundamental saber quais são as formas de prevenir doenças nos pets, não é mesmo? Todo tutor deve conhecer o que pode ser feito para que os animais não fiquem doentes, afinal, ninguém deseja isso para os bichinhos.

Prevenir-se de um problema é muito melhor do que lidar com as possíveis consequências, principalmente quando o assunto é a saúde do pet.

Felizmente, para os donos de animais de estimação, é possível contar com várias alternativas de prevenção para diferentes tipos de problemas de saúde, logo, há várias formas de cuidados com o pet.

Quer saber de que maneira você pode prevenir o seu animal de doenças? Acompanhe esse artigo com bastante atenção.

Boa leitura!                                                                                                          

Tudo que você precisa entender sobre as formas de prevenir doenças nos pets

Entender tudo sobre os cuidados com animais domésticos é o passo ideal para que o bem-estar do pet seja garantido, justamente por isso, é indispensável conhecer as medidas de prevenção de doenças e de qualquer complicação que possa afetar os bichinhos.

1 – A higienização é prevenção de doenças

Uma das principais formas de prevenir doenças nos pets é a higienização, já que inúmeras doenças poderão ser evitadas quando a higiene do animal se encontra em dia.

Entenda que o banho previne o acúmulo de sujeira que pode causar as infecções graves, ademais, ao dar banho no pet você consegue analisar todo corpo do bicho, logo, garante a eliminação de:

  • Carrapatos;
  • Alergias;
  • Machucados;
  • Pulgas.

Viu só? O simples ato de dar banho poderá prevenir vários possíveis problemas.

2 – Não esqueça de manter a vacinação em dia

Outro cuidado com os animais domésticos essencial é a vacinação, já que é a forma mais segura de eliminar qualquer chance de epidemia e contribui muito para a qualidade de vida do pet.

O animal de estimação que não está com a carteira de vacinação em dia, fica impedido de frequentar espaços públicos, hospedar em hotéis e de viajar.

Sendo assim, busque ajuda com um veterinário local para entender melhor sobre o processo de vacinação e garanta a saúde do pet.

3 – Forneça ração de qualidade

Nunca esqueça que a ração de qualidade irá proporcionar todas as vitaminas e nutrientes que o animal necessita, portanto, forneça sempre a ração adequada para o seu pet.

Muitas pessoas não sabem, mas a ração correta é uma das principais formas de prevenir doenças nos pets, desta maneira, é essencial que você o alimente corretamente e garanta a dieta balanceada.

4 – Exercícios físicos para pet

O incentivo frequente de atividades físicas para cachorro e gato pode evitar diversas complicações, tanto em questões físicas, como também de questões mentais.

Saiba que os animais obesos poderão sofrer com diversos problemas:

  • Nos ossos;
  • Nos músculos;
  • De diabetes.

Portanto, é imprescindível a necessidade de exercícios físicos.

Esse é um dos cuidados com pet, pois quando o animal fica muito tempo sozinho ou parado ele poderá sofrer com a depressão, logo, isso afeta a sua vitalidade.

5 – Cuidados no inverno

Uma das dicas de cuidados para os pets no inverno é evitar que o pelo do animal seja tosado durante esse período de frio, pois o pelo é essencial na retenção de calor.

Além disso, preste bastante atenção no abrigo do seu pet, isso significa que se ele não fica dentro de casa, é necessário que haja atenção no lugar que ele vive.

Mantenha-se em contato com um especialista

Jamais deixe de ter contato com um veterinário, pois ele poderá te indicar e conscientizar sobre as formas de prevenir doenças nos pets, portanto, se você precisar de algum procedimento, tratamento, farmácia de manipulação veterinárias, esse profissional irá te auxiliar.

Gostou do artigo? Compartilhe-o!

Continuar lendo

TECNOLOGIA

CONHECIMENTO

NOTÍCIAS POPULARES