Curta e Compartilhe!

Geral

Carros elétricos no Brasil, tendência ou sonho?

Publicado

on

carro branco

Não é novidade que os carros elétricos vieram para ficar, em alguns países como Alemanha e Japão já são produzidos e vendidos em frota.

Depois do Salão de São Paulo de 2018, os carros elétricos no Brasil deram um pulo. Se antes contávamos com apenas uma opção da categoria – que não deve ser confundida com a dos carros híbridos – atualmente são oito.

Será que reunimos as condições para um aumento abrupto deste segmento em nossa indústria? Com a abertura de mercado, é possível que tenhamos como tornar esses produtos mais acessíveis ao público médio? E a manutenção, carregamento… Como ficam?

Os problemas para se ter um carro elétrico no Brasil não ficam restritos somente ao preço deles. Afinal, por mais eficientes que esses produtos sejam, eles precisam ser carregados, cuidados e revisados. Se com veículos à combustão já sofremos com a manutenção, imagina com esses modelos.

Como funciona a bateria do carro elétrico?

A bateria automotiva utilizada no carro elétrico é completamente diferente dos carros a combustão.

Ela pode ser comparada a bateria estacionária em relação a vida útil devido à capacidade de carregar e descarregar diversas vezes.

Manutenção dos carros elétricos

Visto que os componentes dos carros elétricos são todos eletrônicos, a manutenção desses carros é mais barata do que os veículos convencionais devido ao desgaste.

Abastecimento do carro a combustão

Como capacidade do tanque, vamos considerar 60 litros (média de capacidade dos 10 carros mais vendidos no Brasil). Os preços do etanol e da gasolina usados aqui vem de uma média, considerando o custo do combustível nas principais capitais do País no momento em que esta matéria está sendo publicada (dados oriundos deste site). Temos, portanto, as seguintes variáveis:

  • Capacidade do tanque: 60 litros
  • Preço do litro da gasolina: R$ 4,10
  • Preço do litro do etanol: R$ 2,85

Portanto, temos o custo para abastecer completamente esse veículo:

  • Gasolina: R$ 246
  • Etanol: R$ 171

Abastecimento do carro elétrico

No caso dos carros elétricos, o cálculo é facilitado. Isso porque a Nissan, fabricante do Novo Nissan LEAF, já fornece uma estimativa precisa para a carga completa desse veículo movido a eletricidade.

De acordo com a empresa, o motorista teria que pagar cerca de R$ 50 para recarregar completamente as baterias (do “zero” até o topo da autonomia).

Segundo os cálculos da Nissan, esse seria o custo real máximo por “abastecimento total” do carro elétrico mais vendido do mundo. No caso de a bateria não estar totalmente descarregada, estima-se que o custo para recarga seria de cerca de R$ 25, o que obviamente dependeria da carga restante no veículo.

Além dessa grande diferença no custo do abastecimento completo, os carros elétricos têm outras vantagens em relação aos veículos convencionais. Uma delas é o baixo custo na realização de manutenções.

Como os automóveis movidos a eletricidade têm uma mecânica mais simples (embora a tecnologia empregada seja avançadíssima), gasta-se muito menos com assistências, reparos e manutenções.

Comentar

Comente a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Curiosidades

Cuidados com o pet: 5 formas de prevenir doenças

Publicado

on

É fundamental saber quais são as formas de prevenir doenças nos pets, não é mesmo? Todo tutor deve conhecer o que pode ser feito para que os animais não fiquem doentes, afinal, ninguém deseja isso para os bichinhos.

Prevenir-se de um problema é muito melhor do que lidar com as possíveis consequências, principalmente quando o assunto é a saúde do pet.

Felizmente, para os donos de animais de estimação, é possível contar com várias alternativas de prevenção para diferentes tipos de problemas de saúde, logo, há várias formas de cuidados com o pet.

Quer saber de que maneira você pode prevenir o seu animal de doenças? Acompanhe esse artigo com bastante atenção.

Boa leitura!                                                                                                          

Tudo que você precisa entender sobre as formas de prevenir doenças nos pets

Entender tudo sobre os cuidados com animais domésticos é o passo ideal para que o bem-estar do pet seja garantido, justamente por isso, é indispensável conhecer as medidas de prevenção de doenças e de qualquer complicação que possa afetar os bichinhos.

1 – A higienização é prevenção de doenças

Uma das principais formas de prevenir doenças nos pets é a higienização, já que inúmeras doenças poderão ser evitadas quando a higiene do animal se encontra em dia.

Entenda que o banho previne o acúmulo de sujeira que pode causar as infecções graves, ademais, ao dar banho no pet você consegue analisar todo corpo do bicho, logo, garante a eliminação de:

  • Carrapatos;
  • Alergias;
  • Machucados;
  • Pulgas.

Viu só? O simples ato de dar banho poderá prevenir vários possíveis problemas.

2 – Não esqueça de manter a vacinação em dia

Outro cuidado com os animais domésticos essencial é a vacinação, já que é a forma mais segura de eliminar qualquer chance de epidemia e contribui muito para a qualidade de vida do pet.

O animal de estimação que não está com a carteira de vacinação em dia, fica impedido de frequentar espaços públicos, hospedar em hotéis e de viajar.

Sendo assim, busque ajuda com um veterinário local para entender melhor sobre o processo de vacinação e garanta a saúde do pet.

3 – Forneça ração de qualidade

Nunca esqueça que a ração de qualidade irá proporcionar todas as vitaminas e nutrientes que o animal necessita, portanto, forneça sempre a ração adequada para o seu pet.

Muitas pessoas não sabem, mas a ração correta é uma das principais formas de prevenir doenças nos pets, desta maneira, é essencial que você o alimente corretamente e garanta a dieta balanceada.

4 – Exercícios físicos para pet

O incentivo frequente de atividades físicas para cachorro e gato pode evitar diversas complicações, tanto em questões físicas, como também de questões mentais.

Saiba que os animais obesos poderão sofrer com diversos problemas:

  • Nos ossos;
  • Nos músculos;
  • De diabetes.

Portanto, é imprescindível a necessidade de exercícios físicos.

Esse é um dos cuidados com pet, pois quando o animal fica muito tempo sozinho ou parado ele poderá sofrer com a depressão, logo, isso afeta a sua vitalidade.

5 – Cuidados no inverno

Uma das dicas de cuidados para os pets no inverno é evitar que o pelo do animal seja tosado durante esse período de frio, pois o pelo é essencial na retenção de calor.

Além disso, preste bastante atenção no abrigo do seu pet, isso significa que se ele não fica dentro de casa, é necessário que haja atenção no lugar que ele vive.

Mantenha-se em contato com um especialista

Jamais deixe de ter contato com um veterinário, pois ele poderá te indicar e conscientizar sobre as formas de prevenir doenças nos pets, portanto, se você precisar de algum procedimento, tratamento, farmácia de manipulação veterinárias, esse profissional irá te auxiliar.

Gostou do artigo? Compartilhe-o!

Continuar lendo

TECNOLOGIA

CONHECIMENTO

NOTÍCIAS POPULARES