Programa de melhorias nas comunidades de Alagoas ganha prêmio internacional

Mentes Blindadas no Google News

O programa Vida Nova nas Grotas, implementado em Maceió (AL), melhorou a vida de diversos moradores de comunidades do município. A iniciativa engloba um conjunto de projetos, planos e ações com foco na população que vive em vulnerabilidade social. O projeto tem como objetivo a implementação de intervenções urbanas, como escadarias e rampas, e de infraestrutura que possam diminuir as desigualdades de acesso a serviços. 

O projeto foi implementado em 2016 pelo governo de Alagoas e conta com a parceria da ONU-Habitat (Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos). Ao todo, 54 grotas de Maceió foram contempladas pelo programa. Grotas são depressões geográficas em encostas e bastante comuns na cidade. 

Karla França, analista técnica de planejamento urbano da Confederação Nacional de Municípios (CNM), explica que iniciativas como essa podem ser promovidas em outras cidades. Ela afirma que os gestores municipais precisam priorizar ações conjuntas, que envolvam todas as esferas de poder. 

“Os desafios em urbanizar e melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram em áreas precárias – favelas, cortiços e loteamentos irregulares – requerem cooperação da União, estados e municípios para estruturação de programas com viabilidade financeira, que integrem setores de habitação, saneamento, mobilidade e conectividade.”

Veja como aprender mais sobre:

Reconhecimento

Neste ano, o programa recebeu o prêmio internacional World Smart City Awards. A premiação é considerada uma das mais importantes em relação à inovação em cidades e ocorreu na Espanha em novembro. 

Mosart Amaral, secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano de Alagoas, comemora o reconhecimento e afirma que, até o momento, foram investidos R$ 120 milhões na iniciativa. “É um programa que atinge em cheio o lado social. O resultado desse trabalho é extremamente positivo. A vitória desse prêmio internacional comprova que estamos trabalhando no caminho certo”, diz

João Honorato da Silva, diretor administrativo da Associação dos Moradores e Amigos do Feitosa, bairro de Maceió, diz que as pessoas com deficiência ou mobilidade agora contam com uma melhor qualidade de vida após intervenções de acessibilidade. “As pessoas com deficiência estavam praticamente sem sair de casa e hoje elas contam com rampas e corrimões.”

Grotas

Mapeamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010 verificou a existência de um total de 100 grotas em Maceió. Além das obras de acessibilidade, pelo programa também foram construídas quadras esportivas e hortas comunitárias.

Mentes Blindadas no Google News