A pandemia do Covid-19 está desencadeando uma grande crise em vários setores do mercado. Mas mesmo com a baixa em diversos tipos de serviço, existem alguns deles que tem tido um crescimento considerável no meio dessa pandemia.

Os setores de turismo, hotelaria, indústrias e varejo estão em queda e podem acabar demitindo cada vez mais pessoas. O que mais preocupa é que quase 38% dos trabalhadores do planeta estão empregados nesses tipos de serviço que foram muito afetados com a quarentena.

No Brasil, a pandemia iniciou no dia 26 de fevereiro de 2020, e desde então, a economia do país foi totalmente abalada. O Brasil vinha se recuperando da crise de 2014 e agora precisou lançar medidas para auxílio de industrias e de vários profissionais que perderam renda e estão passando por dificuldades.

No entanto, contrariando a queda da maioria dos ramos de serviço, outros setores tem crescido e contratado muitos funcionários para dar conta da demanda. Isso acontece com empresas de delivery, comidas congeladas, como pizzas pré-assadas e marmitas, setor de saúde, área de tecnologia e design de aplicativos, jogos e até mesmo educação a distância. Vamos ver?

Setores que mais crescem no Brasil durante o coronavírus

Setor de saúde

Além dos trabalhos diretamente ligados a saúde, como hospitais e remédios, existem também os serviços que estão ligados a eles, e tem crescido juntamente com a grande movimentação dos hospitais e postos de saúde. Empresas de ar-condicionado e manutenção de hospitais, assim como cozinheiros e nutricionistas fazem parte desse grupo.

Além disso, as buscas por consultas online, feitas por meio de aplicativos ou sites, tem aumentando relativamente. Gerando ainda mais vagas de trabalho para o setor médico.

A venda de remédios, vitaminas, máscaras cirúrgicas e principalmente álcool gel movimentaram tanto a indústria, que diversos, como os de beleza, deixaram de produzir seus produtos para produzir álcool, por exemplo.

A decisão que empresas como essas fizeram, ajudou a barrar a falta de matéria prima ligadas ao seu ramo e as ajudou a se manter em meio à crise. Dessa forma, muitas dessas companhias que se modificaram, estão contratando mais funcionários e até mesmo crescendo em meio à crise.

Outro crescimento é o de laboratórios farmacêuticos, como os que buscam a cura para o Covid-19, que registraram uma grande alta nas suas ações.

Ramo alimentício

Enquanto restaurantes e bares tem tido muita dificuldade para sobreviver durante a quarentena, serviços de delivery são exceção e apresentam um enorme crescimento.

O segmento de alimentos no e-commerce foi o que mais cresceu, e os aplicativos de entrega de comida tem sido a saída para muita gente se tornar um empreendedor. Por isso, com o aumento de pedidos nas plataformas, cada vez mais restaurantes e entregadores estão se cadastrando nos aplicativos.

Os números dos supermercados também aumentaram, seja de venda presencial ou por meio de vendas por plataformas online e por telefone.

Setor de tecnologia

Na tecnologia, o número de clientes em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Vídeo, Globo play, aumentou consideravelmente. Com a quarentena, as pessoas precisam encontrar formas de passar o tempo e se divertir sem precisar sair de casa.

Empresas de videoconferência, onde as pessoas podem conversar online por celular ou computador, também tem tido grande procura. Por causa disso, muitas empresas tem contratado programadores e outros funcionários, movimentando assim, a área da tecnologia.

Educação a distância

Instituições de ensino a distância tem ganhado novos adeptos. Muitas pessoas que estudavam em instituições presenciais optaram por mudar seus planos para não deixar os estudos parados.

Além disso, plataformas de cursos livres online tem tido um grande aumento no número de alunos. Algumas delas até colocaram vários cursos grátis disponíveis em suas plataformas.

Jogos eletrônicos

Na mesma onda dos serviços de streaming, os jogos eletrônicos registraram crescimento nas vendas, levando entretenimento para quem está seguindo as medidas de isolamento.

Algumas plataformas de distribuição de games até registraram recordes no número de jogadores online.

Profissões com mais vagas disponíveis

Alguns profissionais estão sendo muito procurados no mercado de trabalho. Veja abaixo uma lista dos tipos de trabalhadores que estão sendo mais requisitados:

  • Médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem;
  • Serviços de atendimento ao cliente;
  • Auxiliar de logística;
  • Farmacêuticos;
  • Atendente de caixa de lojas;
  • Estoquistas;
  • Operadores de telemarketing;
  • Entregadores e motoboys em geral;
  • Repositores de mercadoria;
  • Psicólogos.

Com o afastamento de pessoas que estão no grupo de risco ou até mesmo que tiveram contato com o Covid-19, muitas empresas precisaram contratar funcionários temporários, principalmente para os supermercados.

Esse movimento que está empregando mais, deve parar de crescer com o tempo. Ele só será sustentável se a quarentena se prolongar por bastante tempo. Fora isso, logo as pessoas doentes ou que estavam afastadas com suspeitas, devem voltar aos seus postos de trabalho e diminuindo assim, as vagas de emprego.

Considerando essas informações, vale a pena buscar seu emprego ou investir em alguma área de crescimento e fazer um bom trabalho para tentar se manter na vaga mesmo depois do final da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.