Curta e Compartilhe!

Motivacional

A importância de um ambiente saudável no trabalho

Publicado

on

A importância de um ambiente saudável no trabalho não influencia somente na qualidade de vida dos funcionários e colaboradores, mas também no crescimento da empresa como um todo.

Isso porque um bom ambiente de trabalho aumenta significativamente a produtividade e diminui o absenteísmo dos funcionários, promovendo maior agilidade e eficiência nas atividades corporativas e, consequentemente, aumento nos resultados da empresa.

Saiba mais sobre o assunto neste artigo!

Qual a importância de um ambiente saudável no trabalho?

Com um ambiente de trabalho organizado, não hostil e motivador, os funcionários conseguem entender e desempenhar suas funções da melhor maneira possível, entregando o trabalho esperado pela empresa.

Muitos empreendedores ainda acham que a falta de motivação na equipe é somente por conta da insatisfação com salário ou benefícios, mas esquecem que o problema pode estar no próprio ambiente de trabalho no qual os colaboradores estão inseridos.

Um ambiente de trabalho saudável, livre de estresse e conflitos e que proporcione todas as ferramentas necessárias para que o funcionário desempenhe suas funções, garante menos distrações e muito mais eficiência (e motivação) para que o mesmo realize suas atividades.

Além disso, segundo a OMS, é importante haver um ambiente de trabalho saudável por três motivos:

Direitos humanos

A empresa precisa manter a ética empresarial. Atualmente, estamos cada vez mais preocupados com os Direitos Humanos, portanto, é fundamental garantir que o funcionário seja respeitado em sua função, não importa a área de atuação.

É uma decisão inteligente

Como já mencionamos, é questão de lógica relacionar a felicidade de seus funcionários aos bons resultados da empresa. Se queremos melhores resultados, devemos garantir o que é necessário para o conforto no ambiente de trabalho.

É legal

Atualmente existem leis específicas que regulamentam o funcionamento do ambiente de trabalho, principalmente relacionadas à segurança e a ergonomia. Respeitar essas leis é garantir que sua empresa avance na legalidade.

Dicas para um ambiente de trabalho saudável

Segundo a OMS, um bom ambiente de trabalho é aquele onde chefias e trabalhadores colaboram juntos para a implementação de um processo de melhoria contínua que proteja e promova a saúde, segurança e bem-estar de todos e a sustentabilidade no local de trabalho.

Com base nisso, segue algumas dicas para promover um ambiente de trabalho saudável e confortável:

Estimule a transparência e comunicação

O controle de fluxo de informação entre setores/departamentos e entre os funcionários é imprescindível. Funcionários mal informados ficam desgastados, estressados e insatisfeitos.

Crie comitês e espaços para incentivar a comunicação e permitir que os funcionários falem e deem feedbacks, mostre que sua empresa é transparente e que valoriza a participação de seus colaboradores.

Deixe o RH aberto sempre para sugestões ou reclamações, mostrando que a empresa deseja ajudar em qualquer problema que a equipe venha a ter.

Organize happy hours

Promova ações que não estejam diretamente ligadas ao trabalho. Organize eventos e encontros fora do trabalho para que a equipe possa se conhecer. Isso aumenta a confiança e mostra que a empresa valoriza seus colaboradores.

Promova o bom-humor

Se você é gestor/gerente, estimule também o bom-humor – você pode aprender piadas saudáveis e contar para o seu time e promover a descontração, ser simpático, cumprimentar com um sorriso. O bom-humor torna o ambiente mais leve e torna as pessoas mais receptivas.

Promova um ambiente de trabalho ergonômico e confortável

Segundo pesquisas nos EUA, ter um ambiente de trabalho físico confortável é a terceira maior preocupação dos funcionários.

Sendo as queixas mais comuns a falta de uma boa iluminação no escritório, mesas e cadeiras desconfortáveis, salas com temperaturas desreguladas, falta de ventilação e luz natural.

Promover um ambiente de trabalho ergonômico e confortável não só diminui o risco de doenças ocupacionais, como garante menos distrações com desconfortos, permitindo ao funcionário concentração total em suas atividades.

Além de motivar os colaboradores a irem trabalhar, diminuindo as taxas de absenteísmo.

Comentar

Comente a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conhecimento

Descubra como reconhecer a dependência emocional nas relações

Para ajudar você, ou outra pessoa que esteja passando por isso, citaremos tudo sobre como reconhecer a dependência emocional nas relações, e o que fazer para evitar isso.

Publicado

on

Descubra como reconhecer a dependência emocional nas relações

Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News

Muitas vezes de forma involuntária, a dependência emocional nas relações é algo que ocorre bastante e você pode estar passando por isso.

Dessa forma, é muito comum a seguinte frase: “o que eu vou fazer sem determinada pessoa”? uma vez que sua rotina e você se adaptou a ela.

Ou seja, como o próprio nome já disse, você se torna dependente emocionalmente daquela pessoa, devido à relação que vocês possuem.

No entanto, além da famosa frase, existem algumas outras coisas que podem mostrar a dependência emocional em todas as relações.

E, devido nem sempre temos aquela pessoa no cotidiano, acaba sendo algo que faz mal, onde você precisa reconhecer isso e buscar ajuda.

Portanto, para ajudar você, ou outra pessoa que esteja passando por isso, citaremos tudo sobre como reconhecer a dependência emocional nas relações, e o que fazer para evitar isso.

Como reconhecer a dependência emocional nas relações?

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que a dependência emocional não se resume apenas a relações amorosas.

Nesse sentido, diferente do que muitos pensam, você pode ter esse problema de dependência em diversos tipos de casos e relações.

Sendo assim, confira como reconhecer essa dependência totalmente emocional, nas principais relações:

Relacionamentos amorosos

Por mais que ele não seja o único, os relacionamentos amorosos ainda são os principais causadores da dependência emocional.

Dessa forma, você pode perceber essa dependência, quando no relacionamento já não existe mais aquele prazer, ocorrendo:

  • Brigas
  • Xingamentos
  • Discordâncias
  • E dentre outras coisas

No entanto, mesmo com tudo isso, você não consegue largar o relacionamento, com medo principalmente de ficar sozinho.

Ou seja, basicamente, a pessoa se tornou sua rotina, e mesmo com todos os problemas você não consegue acabar com o ciclo amoroso.

Isso também é um dos principais geradores de alcoolismo e depressão, sendo às vezes necessário até mesmo a procura de uma clínica de reabilitação para alcoólatras.

Relações entre parentes

Depois das relações de dependência emocional com parentes, uma outra relação que pode envolver bastante a parte emocional, é entre parentes.

Nesse sentido, isso acontece muito principalmente entre pais e filhos, onde alguns não conseguem aceitar que o filho tenha a sua individualidade.

Desse modo, pode acontecer de ocorrer aquela relação sufocante, onde muitos pais chegam a usar chantagem emocional, para impedir que os seus filhos sigam a vida.

Além disso, você também vai ver que isso ocorre com os filhos, onde muitos, devido a relação parental, não conseguem seguir o próprio rumo.

Sendo assim, mesmo que seja necessário seguir a sua própria vida, ocorre aquele medo de não conseguir viver separados dos pais e dentre outras coisas.

Portanto, se você faz esse tipo de coisa, ou sofre com alguma delas, certamente estamos falando de uma grande dependência emocional.

Amizade

Por fim, mas também uma das dependências emocionais bem presentes, são as amizades.

Atualmente, você pode notar que muito é usado o termo de amizade tóxica, que basicamente são pessoas que podem acabar tirando o seu bem-estar.

Dessa forma, você pode reconhecer a dependência emocional, principalmente em casos de ciúmes extremos, a ponto de o seu amigo (a), não permitir que você tenha outras pessoas em seu ciclo.

No entanto, devido a amizade, principalmente se for de muito tempo, acaba ocorrendo aquele medo de uma conversa.

Ou, até mesmo chegar a terminar o ciclo de amizade com aquela pessoa.

Então, acaba preferindo se magoar, do que tomar uma ação, principalmente com medo de não conseguir adquirir outras amizades.

O que fazer para evitar a dependência emocional?

Infelizmente, essa dependência é algo que de toda forma acaba seguindo grande parte das pessoas.

Dessa forma, acaba sendo algo comum, muitas vezes inevitável, principalmente quando o contato é a muito tempo.

Logo, para essa dependência, o que você pode procurar a ajuda de uma pessoa próxima e confiável, para trazer outro ponto de vista.

Até porque, muitas das vezes, você pode achar que é coisa da sua cabeça, e assim acabar seguindo devido a dependência emocional.

No entanto, muitas das vezes apenas isso pode não ser o suficiente para tratar esse problema, sendo essencial um acompanhamento psicológico.

Além disso, você precisa saber que a dependência causada por emoções pode trazer outros problemas, como alcoolismo, depressão, ansiedade, entre outros.

Assim, caso também for necessário, o ideal é buscar uma clínica de recuperação para dependentes químicos.

Portanto, não leve esse problema como algo normal, uma vez que isso pode acabar com o seu psicológico, tornando sua vida um verdadeiro caos.

O ideal é que você procure sempre algo que lhe deixe saudável, e que vai lhe trazer felicidade.

Considerações finais

Se você queria saber como reconhecer a dependência emocional, certamente esse artigo abriu muito a sua mente.

Então, se você tem casos próximos, ou até mesmo si próprio esteja passando por essa situação, procure ajuda imediatamente.


Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News
Continuar lendo

TECNOLOGIA

CONHECIMENTO

NOTÍCIAS POPULARES