Denuncia: por falta de repasse dos pagamentos do Detran serviços de emplacamento estão suspensos no Rio

Por falta de repasse dos pagamentos do Detran serviços de emplacamento estão suspensos no Rio, segundo denuncias o Detran do Rio não está repassando o pagamento para a empresa terceirizada, responsável pelo serviço. A denúncia por fonte dentro do Governo do Estado.

O Governo do Rio ainda não informou o montante em atraso e o motivo desta falta de pagamento.

Os problemas não se restringem para os motoristas que dependem de emplacamento. Cariocas e fluminenses não conseguem agendar serviços de transferência de propriedade e emissão de licenciamento anual de veículo.

Em nota, o Detran informou que vem se esforçando ao máximo para colocar todos os pagamentos em dia, mesmo em meio a queda brutal de arrecadação gerada pela pandemia. O comunicado ainda ressalta que todo o processo de pagamento do consórcio Emplaca Rio está pronto e autorizado, dependendo apenas do prazo de suspensão dos pagamentos do estado estabelecido pelo decreto 47.242. Mesmo assim, o órgão solicitou autorização excepcional ao governador em exercício, Cláudio Castro, para prosseguir com o pagamento.
O órgão ainda destacou que os proprietários de veículos que estiverem com o licenciamento em atraso e quiserem regularizar a situação não precisam mais fazer agendamento. Para providenciar a regularização, basta o proprietário quitar as taxas dos anos em débito e de 2020 para buscar o licenciamento nas unidades do Detran. Anota diz ainda que o novo mecanismo atende 700 pessoas/dia nos 35 postos abertos no momento.

Há uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito, de junho deste ano, em que suspende a necessidade de emplacamento de veículos novos comprados, em função da pandemia do coronavírus. Ainda de acordo com o Conatran, é importante que os proprietários andem com o documento de nota fiscal do carro.