Curta e Compartilhe!

Notícias

Dicas para quem mora em Campo Grande: como evitar sair de casa em época de pandemia

Publicado

on

mulher no celular

Mentes Blindadas no Google News

A pandemia do novo coronavírus pede que as pessoas fiquem mais tempo em casa para evitar aumentar a taxa de contaminação nas cidades nacionais. Por isso, é importante compartilhar dicas para quem mora em Campo Grande evitar sair de casa em época de pandemia.

Isso é necessário pois o vírus se transmite pelo ar de maneira muito fácil. De certa forma, ele é tão transmissível quanto o vírus da gripe, mas muito mais letal. Por isso, se as pessoas se contaminarem em grande quantidade, elas encherão as UTIs de hospitais e muita gente morrerá por falta de cuidado, inclusive pessoas com outras doenças.

Portanto, é essencial compartilhar dicas para quem mora em Campo Grande evitar sair de casa em época de pandemia. Isso ajuda a tornar a quarentena mais simples de lidar.

Quer saber como facilitar para ficar mais tempo em casa? Então siga a leitura abaixo!

5 dicas para quem mora em Campo Grande evitar sair de casa em época de pandemia

1. Faça compras de delivery

Todo mundo precisa fazer certas compras semanal ou mensalmente. Por exemplo, é necessário comprar arroz, feijão, carnes, ovos, macarrão e outros itens essenciais para o almoço, o jantar, café da manhã e café da tarde.

No entanto, ir até o supermercado para fazer essas compras pode ser um pouco complicado. Isso porque lá é um ponto muito fértil para a contaminação. As pessoas ficam conversando na fila da padaria, um toca aqui, toca ali e você pode pegar o vírus sem perceber.

Por isso, uma maneira segura de fazer as compras de casa sem risco é por aplicativos de delivery como o Rappi. Esse tipo de app permite que você escolha os produtos que quer no seu celular e eles serão entregues em casa. Depois disso, é só seguir as normas de proteção com o entregador e pronto.

Os aplicativos valem também para comprar remédios na farmácia e outros tipos de produtos, além dos tradicionais lanches, pizzas e comidas em geral em restaurantes locais.

2. Assine serviços de streaming

Ficar em casa de quarentena pode ser muito complicado, especialmente no fim de semana. Sem nada para fazer, ficamos entediados e podemos inventar desculpas para sair de casa.

Portanto, é importante entender como criar opções de entretenimento para lidar bem com a situação. Uma das melhores formas para isso é ao assinar serviços de streaming de vídeo, como a Netflix, Amazon Prime e outras do tipo.

Esse tipo de serviço ajuda a tornar os períodos em casa mais tranquilos e divertidos com coisas para assistir. Isso acaba com o tédio e ajuda a aumentar a taxa de pessoas em quarentena.

3. Medite

A ansiedade é um dos maiores problemas para ficar em quarentena. Isso é muito importante porque sofremos muitos danos mentais com a preocupação com a situação, com a saúde dos nossos familiares e afins.

No entanto, existem maneiras de enfrentar esse mal no dia a dia. Uma delas é meditar todos os dias, pelo menos um pouquinho em cada momento. Isso é importante porque a meditação ajuda a reduzir muito a ansiedade, a depressão e outros problemas mentais.

Por isso, separe um pouquinho do seu dia para meditar, relaxar e enfrentar os problemas que surgem todos os dias. Alguns minutos, como 10 ou 15, podem ser o suficiente para isso.

4. Entre em um programa de exercícios físicos

A prática de atividades físicas ajuda muito a combater os problemas da ansiedade e depressão, mas também deixa o nosso corpo mais saudável. Com isso, ficamos mais dispostos no dia a dia, além de descansar melhor e ter mais condições de enfrentar as dificuldades da quarentena.

Isso é importante também para quem trabalha no home office. Afinal, as rotinas de trabalho em casa podem ser um pouco mais complicadas do que no escritório e exigir mais do nosso corpo. Portanto, é essencial fazer um pouco de exercícios todos os dias.

Hoje em dia, existem muitos serviços de exercícios físicos que contam com programas feitos especificamente para quem está em casa na quarentena e precisa de alguma ajuda para sair da rotina.

5. Planeje ações diferentes em casa

Uma maneira boa de lidar com as dificuldades da pandemia é lutar contra a rotina. Isso significa, por exemplo, planejar algumas ações diferentes em casa, como dias especiais.

Por exemplo, que tal separar as sextas-feiras para um dia de cinema com pizza pedida no Rappi? Ou talvez uma noite de jogos na quinta-feira com sorvete de sobremesa? Esse tipo de evento ajuda a dar uma certa motivação para passar a semana, sabendo que há algo pelo qual esperar.

E aí, gostou dessas dicas para quem mora em Campo Grande evitar sair de casa em época de pandemia? Elas podem ajudar a tornar o desafio da pandemia mais tranquilo nesse momento. Pelo menos até as vacinas em 2021 e 2022!

Gostou do papo? Qual dessas dicas é a mais interessante na sua opinião? Comente abaixo!

Mentes Blindadas no Google News

Comentar

Comente a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Meio Ambiente

Brasil – Nível dos reservatórios devem continuar baixo nos próximos dias

Publicado

on


Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News

Relatório elaborado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aponta que todas as regiões do Brasil estão com os níveis dos reservatórios abaixo da média histórica. De acordo com a instituição, as regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste se encontram em situação mais crítica.

A projeção é de que o Sudeste e o Centro-Oeste brasileiros terminem o mês de julho com os reservatórios apenas 26% da capacidade. Para a região Sul, a previsão é de que reservatórios fiquem com 45% da capacidade. O Nordeste, por sua vez, deve terminar o mês com 53% da capacidade, enquanto o Norte com 80%.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, a crise hídrica não ocorre somente no Brasil, e que se trata de um processo de mudança climática. Ele pontuou, ainda, que o quadro não ocorre em todo o país, mas concentrada particularmente na região Centro-Oeste e no Sudeste.

A estimativa é de que o volume de chuvas do Brasil, em 2021, seja o menor dos últimos 90 anos. Inclusive, o governo iniciou uma campanha para o consumo consciente de água e luz. No entanto, a possibilidade de racionamento foi descartada.


Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News
Continuar lendo

TECNOLOGIA

CONHECIMENTO

NOTÍCIAS POPULARES