Alexandre de Moraes arquiva notícia-crime contra Ricardo Salles no caso da reunião ministerial

O ministro Alexandre de Moraes, do STF acolheu a solicitação da Procuradoria Geral da República e ordenou o arquivamento da noticia-crime contra o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles no caso do video da reunião ministerial em que Salles diz que o governo deveria aproveitar a pandemia e “passar a boiada.”

Quando o vídeo da reunião foi divulgado, o ministro disse que suas declarações tiveram somente o intuito de defender a “desburocratização e simplificação de normas”.

Em sua argumentação para pedir o arquivamento do caso o procurador geral da República disse que Salles se ateve a dar opiniões apenas sobre “temas relacionados às diretrizes que poderiam vir a ser, ou não, adotadas pelo Poder Executivo.”

Alexandre de Moraes, na decisão de arquivar a noticia-crime de Ricardo Salles, destacou que o Poder Judiciário tem o dever de exercer a supervisão judicial, evitando ou fazendo cessar toda e qualquer coação ilegal.