Encontre o tipo de fiança ideal para você!

Na hora de escolher o imóvel para alugar, uma das principais dúvidas é quanto à forma de fiança. Caso você esteja pensando em procurar um apartamento para alugar em Salvador é importante procurar saber um pouco mais sobre as formas de pagamento e quais os tipos de fiança estão disponíveis. Eles garantem ao locador que o novo locatário cumprirá os compromissos firmados e caso haja problemas (como atrasos ou falta de pagamento do aluguel), podem evitar ou minimizar os danos ao locador.

Métodos de fiança:

  • Fiador;
  • caução imóvel;
  • título de capitalização;
  • seguro fiança;
  • desconto em folha.

É importante destacar que há diversas empresas que oferecem serviços de fiança para aluguel em Salvador e algumas delas possuem programas especiais que podem não estar na lista acima, portanto faça uma boa pesquisa local e veja qual é a melhor opção para você.

O fiador trabalha com terceiros envolvidos na locação do imóvel. Sua função é ser responsável pela execução do contrato, caso o inquilino não consiga cumprir suas obrigações.

Neste sistema, uma pessoa singular ou colectiva que pretenda desempenhar esta função num contrato deve comprovar rendimentos igual ao triplo da renda, dos documentos e dos bens que possui.

Para o locador, a garantia é boa, mas se o locatário deixar de pagar o aluguel, há demora no acerto com a fiança. Há um depósito de capitalização no valor de 6 a 10 vezes o valor do aluguel mensal bruto.

Os títulos são detidos pela seguradora e pelo locador, que pode resgatá-los em caso de violação do locatário. Se não houver pendências ao fim do contrato, o locatário poderá recuperar a quantia de forma atualizada da garantia conforme os critérios estabelecidos pela seguradora.

O desconto salarial aplica-se apenas a funcionários públicos, exigindo uma margem remota em linha com o valor do aluguel do imóvel, conforme comprovado pela documentação. Usar fiança é uma das práticas mais comuns na hora de alugar um imóvel.

Em uma das maiores cidades do país, esse tipo de negociação responde por 46% das negociações entre inquilino e senhorio, segundo o Sindicato Paulista da Habitação (Secovi-SP). por exemplo, um depósito. Para o proprietário, esta é uma garantia adicional em caso de atraso. A fiança está prevista na Lei de Locação (Lei nº 8 245 de 1991) e a fiança deve estar no contrato de locação. Do final do contrato até a saída do local de residência, ele será responsável por custear as despesas e taxas em caso de atraso do locatário. Você também pode hipotecar seus ativos pelo não pagamento de dívidas.

Para garantir a segurança do contrato, uma série de requisitos são exigidos ao credor, a começar pela necessidade de possuir um imóvel em seu nome. A exigência é que, caso seja necessária a convocação de fiança para cobrir os custos do locatário, este tenha pelo menos um bem a ser penhorado.

Além disso, o fiador deve ser liberado do empréstimo pendente e não deve ser inscrito em cadastros como SPC e Serasa. Você também precisa provar uma renda mensal de três ou quatro vezes o aluguel mais os aluguéis, como condomínio e imposto sobre a propriedade, para mostrar que você seria capaz de incorrer em dívidas por vários meses.

Se você for casado, o contrato de locação também deve ser assinado pelo cônjuge da fiança. As pessoas colectivas também podem ser fiadoras, desde que os estatutos da sociedade o permitam.

A utilização de fiadores em contratos de arrendamento é tão frequente que já existem empresas que prestam esses serviços, embora a imagem do fiador profissional não esteja claramente definida na lei.

Esses profissionais recomendam o fornecimento de documentos pessoais, comprovante de renda e documentos relacionados ao imóvel, além de prestação de fiança. Porém, é preciso ter cuidado ao contratar fiadores profissionais, pois existem fiadores falsos, e eles acabam cometendo muitos atos criminosos, como documentos falsos e atos ideológicos.

Como dito anteriormente, há algumas maneiras diferentes de financiar um aluguel, portanto realize uma boa pesquisa de mercado e garanta a melhor opção para você e sua família.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre fiança para aluguel já pode buscar por uma casa para locação em Salvador sem grandes problemas.

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam quais são os tipos de fiança para aluguel!