Billie Eilish – garotas boas vão para o inferno

Billie Eilish – garotas boas vão para o inferno

O clipe da musica all the good girls go to hell da Billie Eilish começam uma referência ao clipe de bury a friend.

Algo é injetado nela que a transforma em um anjo a força, contra sua vontade.

Billie Eilish – garotas boas vão para o inferno

E logo em seguida por algum motivo ela cai do céu em uma possa aparentemente de piche.

Billie Eilish – garotas boas vão para o inferno

E aí que a música começa com a Billie falando, “meu Lúcifer está solitário”,na referência bíblica o nome Lúcifer significa aquele que porta luz.

Na tradição judaico cristã ele é um anjo que se rebelou contra o seu criador – Deus. Ele então é expulso do paraíso para terra condenado a ser um anjo caído que ele é.

Logo tudo que conhecemos como diabo demônios satanás e todas as performances do mal é algo originalmente angelical.

Mas, angelical no sentido de que lúcifer se sentiu solitário, não se encaixou no paraíso, a sua função que basicamente era ser um anjo a serviço das vontades de Deus.

E não das suas próprias vontades e se rebelou por isso. Mas quando a gente assume uma visão imparcial fora dos conceitos de bem e mal, Lucifer acaba sendo o símbolo do livre arbítrio

E do poder e das consequências de exercer suas próprias vontades ao invés da segurança de uma vida regrada e pré determinada.

Fora que tudo o que contrapõe o cristianismo principalmente vindo do paganismo é referenciado na música quando Billie aponta Deus como uma mulher e que as garotas boas vão para o inferno por seguirem outro Deus, o patriarcal.

Ou seja o que as boas garotas acham que é o paraíso na verdade é o inferno na visão de Billie.

E talvez Billie esteja fazendo uma crítica ou comparação a figura da mulher na nossa sociedade atualmente onde elas são pintadas desde cedo como anjos e tudo isso contra a própria vontade.

Quando Billie se assume como um anjo caído, um demônio, ela não enxerga isso do lado cristão e patriarcal da história.

E quando eu digo demônio eu digo no sentido estrito, a palavra demônio tem origem no grego daemones que significa que provém da divindade, enviado por um deus, que tem caráter divino, maravilhoso, extraordinário.

Mas em uma visão cristã acabou tendo seu significado original deturpado, ela vê pelo lado pagão, onde Deus pode ser sim uma mulher, onde demônio não é uma representação do mal.

E é por isso que ela disse que todas as garotas ditas boas vão pro inferno. é porque aquilo que consideram o paraíso pra ela é o inferno.

Logo não existe interesse em ser o que consideram uma boa garota, o que é editado como uma boa garota talvez seja o inferno para Billie.

Um inferno sem espaço para as próprias vontades ou o livre arbítrio, um lugar onde te forçam a ser um anjo, onde te forçam atingir um ideal de perfeição que não é para você.

Então faz sentido continuar sendo uma garota má vivendo à mercê das próprias vontades e escolhas, vivendo onde todos chamam de inferno mas que para você é o paraíso.

Afinal onde existe um anjo também existe um demônio e é só uma questão de escolha.

Texto produzido em parceria com a pagina do facebook cafe com rock.
Clipe oficial no youtube da musica all the good girls go to hell .

0 Comentários

Deixe uma resposta.