Brasil registra mais de 70 mil novas armas em 2020

Mesmo com a pandemia, mais de 105 mil novas armas foram registradas no Brasil entre janeiro e agosto deste ano, recorde para o período desde 2009, segundo a Polícia Federal. Cidadãos e servidores com prerrogativa registraram a maioria dessas armas (80%) em 2020. Como o crescimento no geral (registros para empresas, caçadores, lojas, órgãos públicos etc) já vinha ocorrendo, o que chama a atenção é o “cidadão” estar se armando. No mesmo período de 2019, foram 31 mil novas armas para a categoria. Agora, são mais de 70 mil.

No final de agosto, a PF publicou uma instrução normativa que torna oficial a possibilidade de o cidadão adquirir mais armas de maneira legal.

Desde 2018, eram duas, agora, são quatro. A medida ainda não impactou números coletados com a PF e, segundo estudiosos do tema, ainda é cedo para prever como será.