As jornadas de trabalho duram em média oito horas por dia, sem contar as horas extras e os trabalhos realizados fora do ambiente profissional. Muitas vezes, passamos um terço ou mais do nosso dia realizando um tipo de tarefa, em uma determinada posição. Por isso, é importante saber como manter a ergonomia correta no ambiente de trabalho!

Ficar muito tempo na mesma posição pode causar lesões, dores e tensões pelo corpo. Doenças causadas por má postura e falta de cuidados ergonômicos é uma das principais causas de afastamento do trabalho, segundo dados do INSS. Por isso, é importante tomar alguns cuidados.

Acompanhe a leitura do artigo e aprenda como manter a ergonomia correta no ambiente de trabalho!

Como manter a ergonomia correta no ambiente de trabalho?

Postura

Manter uma postura adequada ajuda para que o corpo mantenha uma boa circulação sanguínea, os músculos não fiquem tensionados e as vértebras da coluna não fiquem pressionadas. Para quem passa muito tempo sentado, é importante evitar cruzar as pernas, pelo menos por muito tempo. As pernas devem estar posicionadas em um ângulo de 90º, os pés devem estar apoiados no chão, evitando calçados com salto alto. Os pés podem estar em apoios próprios para os pés.

A cabeça deve estar alinhada ao centro do monitor, a uma distância entre 40 e 70 centímetros, para que a visão não seja prejudicada. As costas devem estar eretas, apoiadas em encosto adequado e alinhado. Os braços devem estar levemente esticados e o antebraço deve estar apoiado, seja em um apoiador ergonômico na mesa ou em apoio adequado na cadeira, também em ângulo de 90º.

Mobiliário adequado

Como já mencionado no item anterior, um mobiliário adequado auxilia a manter a ergonomia adequada no ambiente do trabalho. Mesa em tamanho adequado, que permita uma boa organização do espaço de trabalho, suporte para o monitor, apoio para o antebraço, mousepad e teclado ergonômicos, cadeiras ergonômicas, com apoio para os braços, apoiador para os pés, entre outros recursos para auxiliar na postura adequada, evitam lesões de trabalho.

Roupas confortáveis

Não só o calçado deve ser confortável, as roupas também podem contribuir para a má circulação. Roupas muito apertadas podem prejudicar a circulação sanguínea e até mesmo causar tensões musculares. Prefira roupas mais leves, que também ajudem o corpo a respirar melhor.

Fazer pausas

Mesmo com uma enorme quantidade de trabalho e a pressão por prazos curtos (talvez principalmente por esses fatores), é importante fazer pausas, relaxar, levantar, se movimentar. Faça pequenos lanches, movimente-se, converse com colegas de trabalho, não a ponto de prejudicar o rendimento da equipe, mas o suficiente para que você consiga parar um pouco e respirar. Vá ao banheiro sempre que houver necessidade, demorar muito pode causar doenças como infecção de urina, por exemplo.

Cuidados emocionais

O cuidado emocional é um dos mais importantes cuidados para evitar lesões posturais. Estresse, pressão psicológica, ansiedade, depressão, podem causar má postura e tensões musculares. Faça um acompanhamento psicológico sempre que perceber essa necessidade. A pandemia causada pelo novo coronavírus tem sido um fator de aumento do estresse no trabalho, além de causar aumento da ansiedade. É possível consultar outras dicas do blog Veiga Gestão sobre o tema.

Movimente-se

Pessoas que trabalham muito tempo em pé, além de calçado adequado, é importante se movimentar e trocar de posição, fazer pausas, sentar-se, alongar-se. Movimentar o corpo ajuda na circulação sanguínea e no relaxamento muscular. Nas pausas, faça alongamentos e exercícios. Empresas que investem na ergonomia do profissional com horários de exercício, auxiliados por profissionais têm aumento na produtividade. Ainda assim, as condições reais nem sempre refletem as ideais, portanto, aposte nas pausas e na movimentação do corpo.

Essas são algumas dicas de como manter a ergonomia correta no ambiente de trabalho. Vale lembrar que elas devem ser seguidas mesmo que você esteja em home office, uma prática que aumentou muito por causa da pandemia do novo coronavírus. Comente a seguir sua opinião!

Mentes Blindadas no Google News