Além de conquistar os clientes pela boca, consumidores esperam segurança e higienização nos pedidos delivery.

Qual novo alimento você aprendeu a fazer nesta pandemia? Panqueca, brownie, bolo, pudim ou pão? Essas foram as receitas mais procurados no Google desde o início da pandemia até o mês de junho, segundo próprio Google Trends.

Se a sua resposta foi nenhuma, então provavelmente você é um dos responsáveis por impulsionar o crescimento de pedidos delivery de restaurantes e lanchonetes durante o isolamento.

Segundo dados de 160 mil usuários da Mobilis, app de gestão financeira pessoal, o crescimento de gastos com delivery de comida (iFood, Rappi e UberEats) cresceu 94% durante a pandemia.

Dessa forma, o delivery ganhou um novo significado para os restaurantes – se tornando a fonte de renda principal neste período para milhares deles.

E o comportamento de pedir comida em casa tem previsão de se manter para muitos consumidores no pós-pandemia:

21% dos respondentes de uma pesquisa realizada pela consultoria de foodservice Galunion com a Qualibest, informaram que pretendem manter o hábito de pedir comida após o fim do isolamento social.

A expectativa de que restaurantes mantenham distanciamento de dois metros entre as mesas, ou ainda a implantação de uma área de proteção transparente em volta das mesas podem aparecer como fatores determinantes para que as pessoas continuem pedindo comida em casa, onde realmente se sentem seguras.

Nesta hora, mais importante que ganhar descontos para fidelização, uma consideração dos consumidores chama atenção: a embalagem para delivery é fundamental na satisfação.

51% dos entrevistados disseram que já deixaram de comprar no restaurante por problemas nas embalagens.

Entre os problemas está a falta de lacre, vazamento e comida desarrumada.

As embalagens para delivery além de acomodar e organizar os pratos para viagem, também atribuem proteção, higiene e limpeza aos responsáveis: o restaurante.

As embalagens são tão importantes que aparecem na cartilha 8 passos para implantar um delivery de sucesso, criada pela Galunion, consultoria para foodservice.

A importância de uma boa embalagem

Para que os restaurantes tenham êxito, a qualidade das entregas não depende somente dos entregadores. Na verdade, começa dentro do restaurante, no processo de criação de cada prato – o que inclui a forma como ele será embalado para entrega.

Isso porque, conforme a cartilha, uma boa embalagem para delivery deve garantir, entre outras coisas:

  • Que os pratos quentes cheguem quentes ao destino final;
  • Que os pratos frios, cheguem frios;
  • Que a refeição chegue em ordem e, para isso, ela deve estar bem acomodada.

Dezenas de embalagens, em diversos formatos, texturas e materiais estão disponíveis, inclusive para compra online.

Mas há fatores de diferenciação que além de agregar valor ao produto, também vão classificar os restaurantes como seguros.

Além de considerar embalagens em material com tecnologia anti gordura, certificar-se que o fabricante/indústria segue todas as normas para embalagens em contato com alimentos pode evitar surpresas indesejadas.

Apesar dos estudos indicarem que o covid-19 não sobrevive a temperatura acima dos 70°, o vírus pode ser transmitido através do contato com as superfícies.

Todo cuidado e normas devem ser seguidas de ponta a ponta: dos colaboradores da indústria na fabricação e dos entregadores, com uso de álcool gel.

Consumidores estão atentos às embalagens

Outra orientação presente na cartilha está relacionada a sustentabilidade.

Isso porque o cliente final está mais atento e exigente. Embalagem para delivery zero plástico já são fator de diferenciação para restaurantes.

Embalagens que possibilitam ser higienizadas também são apontadas como as preferidas pelos consumidores neste momento.

Afinal, depois de estabelecer cuidados e padrões de qualidade e segurança no preparo de alimentos dentro da cozinha, deixar a desejar nas embalagens não é mais uma possibilidade aceitável para quem consome – muitas vezes, diretamente no recipiente de entrega.

Faça testes de entrega

Mesmo quando a situação exige urgência e rápido aprendizado – afinal, a crescente nos pedidos delivery pegou muitos estabelecimentos despreparados -, ainda é necessário testar.

Antes de arriscar estar presente numa plataforma delivery, faça pedidos na sua própria casa para avaliar a qualidade da entrega. Esse teste pode ajudar a esclarecer algumas dúvidas:

  • Se aquele prato/produto atende os requisitos para estar no cardápio delivery;
  • Se a embalagem de entrega está adequada;
  • Qual será o raio de entrega que você poderá delimitar para viagem;
  • O tempo de entrega em diferentes horas do dia.

Tudo isso tem influência direta para que o consumidor compre com recorrência.

Entre os comportamentos que se manterão durante e após o isolamento social está a prioridade pela segurança.

Manter o padrão de atendimento, entrega e de qualidade dos alimentos será fundamental para manter seus clientes comprando com frequência.

Ter um delivery de sucesso é possível

Entre outros fatores que passam segurança ao consumidor, considere divulgar os processos de higienização do seu restaurante.

Na Cartilha Delivery, você pode conferir os demais passos que estão auxiliando outros negócios do setor alimentício a ter um delivery de sucesso mesmo em meio a pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.