Ranking: Sabará é o candidato mais rico de São Paulo

Filipe Sabará (Novo) é empresário, herdeiro de uma empresa de cosméticos e o candidato mais rico na disputa pela Prefeitura de São Paulo neste ano. No outro extremo, aparece Guilherme Boulos (PSOL), segundo informações prestadas à Justiça Eleitoral pelos 14 postulantes ao cargo.

De acordo com a declaração entregue ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Sabará é dono de R$ 5,1 milhões, com R$ 51 mil em investimentos e R$ 103 depositados em sua conta no Banco do Brasil.

A maior parte do seu patrimônio corresponde aos 72% de participação na empresa Fibella Comércio de Cosméticos. O herdeiro do Grupo Sabará de Cosméticos chegou a declarar patrimônio de R$ 15,6 mil, mas retificou a informação, segundo revelou o jornal Folha de S.Paulo.

Embora Sabará tenha tido sua filiação partidária suspensa pelo Novo, ele continua inscrito como candidato no TSE.

Segunda no ranking, Marina Helou (Rede) declarou R$ 2,2 milhões, a maior parte em imóveis. Ela diz ser dona de R$ 1,2 milhão correspondente a 50% de um imóvel em Moema (zona sul) e de R$ 750 mil, também metade de um imóvel na Vila Madalena, na zona oeste.

Celso Russomanno (Republicanos) é o terceiro colocado, com R$ 1,7 milhão. Os maiores valores correspondem a sua participação em uma empresa (R$ 385 mil) e a uma casa avaliada em R$ 301 mil.

Veja o ranking:

  1. Filipe Sabará (Novo): R$ 5.111.138,94
  2. Marina Helou (Rede): R$ 2.244.000,00
  3. Celso Russomanno (Republicanos): R$ 1.772.944,11
  4. Andrea Matarazzo (PSD): R$ 1.494.923,55
  5. Levy Fidelix (PRTB): R$ 954.597,41
  6. Orlando Silva (PCdoB): R$ 738.360,38
  7. Arthur do Val (Patriota): R$ 408.635,44
  8. Márcio França (PSB): R$ 272.864,37
  9. Joice Hasselmann (PSL): R$ 186.980,00
  10. Jilmar Tatto (PT): R$ 126.189,86
  11. Bruno Covas (PSDB): R$ 104.966,68
  12. Antonio Carlos (PCO): R$ 50.000,00
  13. Vera Lúcia (PSTU): R$ 20.000,00
  14. Guilherme Boulos (PSOL): R$ 15.416,00