Então você gosta de cozinhar para seus amigos e familiares. Você está constantemente experimentando novas receitas e sabores. Talvez você tenha trabalhado na indústria de alimentos aqui e ali ou se aventurou em atender a uma pequena multidão. Ultimamente, você tem pensado em se comprometer com uma carreira na indústria culinária. 

Se você quer levar suas habilidades culinárias e criatividade para o próximo nível, abaixo está nosso guia de como iniciar na carreira de gastronomia e o passo a passo sobre como se tornar um chef e aprender como:

1. Considere as opções de carreira e especializações

Você prefere fazer aperitivos e entradas ou assar sobremesas e doces? Você se sente atraído por alguma culinária específica? Que tipo de restaurante seria seu local de trabalho ideal como chef? 

Não se preocupe, você ainda não precisa saber todas as respostas! Eles podem até mudar conforme você constrói sua experiência. Ainda assim, é importante ser capaz de visualizar o que você está trabalhando. Além disso, este exercício pode ajudar a orientar sua tomada de decisão enquanto você procura escolas de culinária e seu primeiro emprego na área.

Antes de se aprofundar em como se tornar um chef, certifique-se de entender o que está carreira realmente envolve. Dica: não se trata apenas de preparar comida. Muitos chefs estão envolvidos na gestão e treinamento de funcionários, planejamento de receitas e menus, pedidos de comida e material de cozinha e outras tarefas de gerenciamento de restaurante.) 

Para ser um chef de sucesso você terá que aprender sobre rigorosamente tudo de um restaurante. Desde os alimentos, até coisas externas, como marketing, afinal, para tornar o seu produto referência você vai precisar visitar uma Loja de presentes em alguns momentos.

2. Vá para a universidade de gastronomia

Indo para a escola de gastronomia será extremamente valioso para aprender como se tornar um chef. O programa de culinária certo pode fornecer a você a oportunidade de estudar receitas, ingredientes e técnicas e terminologia culinária de todo o mundo. 

Por meio do aprendizado prático e da orientação do corpo docente, a escola de culinária também pode ajudá-lo a começar a se sentir em casa em uma cozinha profissional, desenvolver seu paladar e ganhar uma confiança valiosa no trabalho com facas e outras ferramentas padrão da indústria.

Diplomas e certificados tendem a ser os programas culinários mais curtos, seguidos por programas de graduação de associado, que normalmente duram cerca de 2 anos. Com cerca de 4 anos de duração, um bacharelado oferece os estudos culinários mais aprofundados dessas opções e também pode apresentá-lo às habilidades de negócios e gestão envolvidas na gestão de uma cozinha.

3. Comece a trabalhar na cozinha de um restaurante

Cozinhar em casa e cozinhar em um restaurante são experiências completamente diferentes. Claro, seu primeiro trabalho em restaurante provavelmente será um de baixo escalão. 

No entanto, a exposição que você obtém é valiosa e pode ajudar a solidificar seus objetivos de carreira. 

Não espere até depois da escola de culinária para começar a trabalhar em um restaurante. O ideal é que sua escola de culinária tenha seu próprio restaurante onde você pode ganhar experiência, mas você também pode trabalhar algumas horas à parte, se tiver tempo. Além disso, quanto mais pessoas você interagir – e impressionar – na indústria, mais conexões você terá para ajudá-lo a iniciar ou avançar em sua carreira.

4. Trabalhe seu caminho no campo

A escola de culinária é útil para descobrir como se tornar um chef, mas não garante o seu sucesso. Depois da escola, você precisará trabalhar muito e trabalhar muitas horas, e é improvável que seja contratado imediatamente como chefe de cozinha. Em vez disso, você precisará ganhar mais experiência e progredir, aprendendo com outros chefs à medida que avança. 

Para impressionar seus superiores e continuar avançando em direção a uma posição de gerência, não se intimide em assumir tarefas de gerência de restaurante. Você também deve trabalhar em uma variedade de tipos de restaurantes, para continuar a desenvolver suas habilidades em diversas cozinhas e técnicas. 

Em seu tempo livre, explore novos restaurantes e culturas, em busca de chefs e pratos que irão inspirar sua criatividade culinária. Lembre-se de nunca parar de aprender!

5. Busque a certificação na área

A certificação culinária não é exigida para se tornar um chef, mas pode oferecer a você uma vantagem competitiva nas inscrições de emprego. A certificação pode significar que você atende a um determinado padrão de qualidade dentro do setor.

Por fim, apenas comece! Não perca tempo e inicie na carreira seguindo essas dicas valiosas. Se você gostou do conteúdo, compartilhe nas redes sociais.

Mentes Blindadas no Google News