OMS afirma morcegos deram origem ao coronavírus e gatos podem ser contaminados

A OMS acaba de confirmar o que antes era apenas boato, que coronavírus veio de morcegos e pode contaminar gatos.

Na semana em que Israel anuncia a descoberta de um anticorpo para o coronavírus, o cientista Peter Ben Embarek, que trabalha para a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmou que o coronavírus vem de morcegos e que gatos podem ser contaminados pelo coronavírus.

Peter é especialista da OMS em doenças animais que podem saltam para os seres humanos. Ele afirma ainda que a covid-19 vem de um grupo de vírus, e que o coronavírus tem sua origem em morcegos e espalha-se com a ajuda dos mesmo, mas ainda não é possível determinar qual animal transmitiu a doença aos seres humanos.

A epidemiologista Maria Van Kerkhove, que também atua na OMS, disse, em coletiva de imprensa, na quarta-feira (6), que os cientistas da instituição estão a procura de mais informações sobre a origem animal do vírus.

O debate sobre a origem do vírus ganhou ainda mais importância após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarar que a doença veio de um laboratório na China. O país asiático nega as acusações.