Curta e Compartilhe!

Conhecimento

Home Office – Dicas de produtividade para trabalhar melhor

Publicado

on

Mentes Blindadas no Google News

A pandemia te obrigou a  trabalhar em casa na modalidade home office? Confira nossas dicas para ter mais produtividade.

A pandemia alterou nossa rotina de forma jamais vista anteriormente. E com isso, muitas empresas passaram a adotar o modelo de trabalho em home office, onde a pessoa fica em casa trabalhando em seu computador, apenas se reportando para a empresa através da internet e da entrega de tarefas.Até mesmo reuniões são realizadas via aplicativos como o zoom, skype, hangouts, etc. Mas nem todo mundo tem conseguido produzir de forma adequada nessa modalidade de trabalho. Por isso, no artigo de hoje vamos mostrar algumas dicas que podem ajudar quem está nessa modalidade de trabalho, a render mais e ser efetivamente mais produtivo(a). Acompanhe conosco.

Dicas de produtividade no home office

Algumas das dicas podem soar óbvias, mas ao mesmo tempo temos de lembrar desses detalhes, por isso fique atento que elas podem ser bem úteis.

Trabalhe em um cômodo isolado

Se possível, reserve um cômodo da casa para que você consiga se isolar dos ruídos, distrações e da sua família. Se as pessoas tiverem acesso a você, é natural que as pessoas passem a te chamar ou queiram conversar e isso pode atrapalhar bastante sua produtividade.

Faça intervalos

Dar uma pausa de 10 minutos a cada 1 hora ou 1 hora e meia pode ser saudável para que você consiga relaxar e também alongar mãos e braços. Além de alongar o corpo, prevenindo a lesão por esforço repetitivo. Seus olhos também irão relaxar um pouco da tela e você volta com mais gás para mais uma hora de trabalho.

Atenção ao conforto ergonômico

Diga não ao improviso. É preciso ter em mente que você passará ao menos 8 horas por dia em sua estação de trabalho em casa, por isso, trabalhar na mesa do almoço ou em uma cadeira simples pode quebrar o galho apenas por alguns dias. Mas se o home office virar algo quase definitivo, você deve investir ao menos em uma mesa ou cadeira que sejam adequados. Ou até mesmo comprar um monitor para seu computador se ele for um notebook com tela muito pequena. Isso ajuda não só sua saúde, como sua produtividade no longo prazo.

Descubra os melhores horários

Quem tem vizinhos sabe que em determinado momento eles são mais barulhentos ou fazem mais silêncio por que estão fora, ou o cachorro fica latindo, etc. Tente descobrir a melhor hora do dia para trabalhar, pois nem sempre ela está no horário comercial de 8 às 17h. Pode ser que às 19h seja super silencioso e às 8 da manhã não valha a pena trabalhar com o barulho na sua cabeça. Por isso é importante verificar essas questões.

Peça ajuda aos vizinhos

Caso não seja possível realizar a dica acima, converse com os vizinhos e explique sua situação, de que você está trabalhando em casa e se podem maneirar no barulho, ou combinar um horário com eles.

Faça Exercícios

Trabalhar é importante, mas se exercitar também. Reserve uma hora do seu dia para uma caminhada, corrida, natação ou algum esporte que possa ser feito nesses tempos de pandemia.Isso ajuda sua saúde e sua disposição com certeza.

Cuidado com as distrações

Assistir TV enquanto trabalha é impossível, atrapalha totalmente a nossa atenção. Tenha cuidado para não ficar muito próximo de seus hobbies em casa como: jogar videogame, tocar um instrumento ou brincar com o cachorro por exemplo. Esses hobbies podem minar sua produtividade. Separe um tempo do seu dia para que você possa relaxar, mas tenha o foco no trabalho, pois em casa a chance dessa linha entre trabalho e diversão se confundir é enorme.

Mentes Blindadas no Google News

Comentar

Comente a notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conhecimento

Descubra como reconhecer a dependência emocional nas relações

Para ajudar você, ou outra pessoa que esteja passando por isso, citaremos tudo sobre como reconhecer a dependência emocional nas relações, e o que fazer para evitar isso.

Publicado

on

Descubra como reconhecer a dependência emocional nas relações

Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News

Muitas vezes de forma involuntária, a dependência emocional nas relações é algo que ocorre bastante e você pode estar passando por isso.

Dessa forma, é muito comum a seguinte frase: “o que eu vou fazer sem determinada pessoa”? uma vez que sua rotina e você se adaptou a ela.

Ou seja, como o próprio nome já disse, você se torna dependente emocionalmente daquela pessoa, devido à relação que vocês possuem.

No entanto, além da famosa frase, existem algumas outras coisas que podem mostrar a dependência emocional em todas as relações.

E, devido nem sempre temos aquela pessoa no cotidiano, acaba sendo algo que faz mal, onde você precisa reconhecer isso e buscar ajuda.

Portanto, para ajudar você, ou outra pessoa que esteja passando por isso, citaremos tudo sobre como reconhecer a dependência emocional nas relações, e o que fazer para evitar isso.

Como reconhecer a dependência emocional nas relações?

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que a dependência emocional não se resume apenas a relações amorosas.

Nesse sentido, diferente do que muitos pensam, você pode ter esse problema de dependência em diversos tipos de casos e relações.

Sendo assim, confira como reconhecer essa dependência totalmente emocional, nas principais relações:

Relacionamentos amorosos

Por mais que ele não seja o único, os relacionamentos amorosos ainda são os principais causadores da dependência emocional.

Dessa forma, você pode perceber essa dependência, quando no relacionamento já não existe mais aquele prazer, ocorrendo:

  • Brigas
  • Xingamentos
  • Discordâncias
  • E dentre outras coisas

No entanto, mesmo com tudo isso, você não consegue largar o relacionamento, com medo principalmente de ficar sozinho.

Ou seja, basicamente, a pessoa se tornou sua rotina, e mesmo com todos os problemas você não consegue acabar com o ciclo amoroso.

Isso também é um dos principais geradores de alcoolismo e depressão, sendo às vezes necessário até mesmo a procura de uma clínica de reabilitação para alcoólatras.

Relações entre parentes

Depois das relações de dependência emocional com parentes, uma outra relação que pode envolver bastante a parte emocional, é entre parentes.

Nesse sentido, isso acontece muito principalmente entre pais e filhos, onde alguns não conseguem aceitar que o filho tenha a sua individualidade.

Desse modo, pode acontecer de ocorrer aquela relação sufocante, onde muitos pais chegam a usar chantagem emocional, para impedir que os seus filhos sigam a vida.

Além disso, você também vai ver que isso ocorre com os filhos, onde muitos, devido a relação parental, não conseguem seguir o próprio rumo.

Sendo assim, mesmo que seja necessário seguir a sua própria vida, ocorre aquele medo de não conseguir viver separados dos pais e dentre outras coisas.

Portanto, se você faz esse tipo de coisa, ou sofre com alguma delas, certamente estamos falando de uma grande dependência emocional.

Amizade

Por fim, mas também uma das dependências emocionais bem presentes, são as amizades.

Atualmente, você pode notar que muito é usado o termo de amizade tóxica, que basicamente são pessoas que podem acabar tirando o seu bem-estar.

Dessa forma, você pode reconhecer a dependência emocional, principalmente em casos de ciúmes extremos, a ponto de o seu amigo (a), não permitir que você tenha outras pessoas em seu ciclo.

No entanto, devido a amizade, principalmente se for de muito tempo, acaba ocorrendo aquele medo de uma conversa.

Ou, até mesmo chegar a terminar o ciclo de amizade com aquela pessoa.

Então, acaba preferindo se magoar, do que tomar uma ação, principalmente com medo de não conseguir adquirir outras amizades.

O que fazer para evitar a dependência emocional?

Infelizmente, essa dependência é algo que de toda forma acaba seguindo grande parte das pessoas.

Dessa forma, acaba sendo algo comum, muitas vezes inevitável, principalmente quando o contato é a muito tempo.

Logo, para essa dependência, o que você pode procurar a ajuda de uma pessoa próxima e confiável, para trazer outro ponto de vista.

Até porque, muitas das vezes, você pode achar que é coisa da sua cabeça, e assim acabar seguindo devido a dependência emocional.

No entanto, muitas das vezes apenas isso pode não ser o suficiente para tratar esse problema, sendo essencial um acompanhamento psicológico.

Além disso, você precisa saber que a dependência causada por emoções pode trazer outros problemas, como alcoolismo, depressão, ansiedade, entre outros.

Assim, caso também for necessário, o ideal é buscar uma clínica de recuperação para dependentes químicos.

Portanto, não leve esse problema como algo normal, uma vez que isso pode acabar com o seu psicológico, tornando sua vida um verdadeiro caos.

O ideal é que você procure sempre algo que lhe deixe saudável, e que vai lhe trazer felicidade.

Considerações finais

Se você queria saber como reconhecer a dependência emocional, certamente esse artigo abriu muito a sua mente.

Então, se você tem casos próximos, ou até mesmo si próprio esteja passando por essa situação, procure ajuda imediatamente.


Mentes Blindadas no Google News
Mentes Blindadas no Facebook News
Continuar lendo

TECNOLOGIA

CONHECIMENTO

NOTÍCIAS POPULARES