A mente como todos imaginam não é necessariamente o cérebro, o cérebro é uma parte do nosso corpo, um tradutor, nossas mentes são o conceito, um conjunto que torna o ser humano um animal racional, esse conceito nos fornece aquilo que chamamos de consciência e nos permiti interpretar, desejar, criticar, ter uma opinião sobre diversos assuntos e nos torna humanos.

A mente assim como um computador pode ser acessada e conseqüentemente manipulada, a essa manipulação mental foi dado o nome de lavagem cerebral.

Da lavagem cerebral se valem os militares para formar os soldados que dão a vida por algo inclusive que nem eles mesmos entendem, os religiosos e os políticos não ficam de fora dessa lista de manipuladores. A lavagem cerebral nada mais é do que a aplicação de técnicas psicológicas comuns, porem de uma forma mais extrema chegando ao ponto de modificar todos os valores em que acreditamos.

Existe um processo que necessariamente precisa ser seguido para que uma mente seja lavada e que assim possa ser introduzido novos valores como o modos de pensar e de ver a realidade, no entanto em minha opinião pessoal os métodos vêem sempre se modernizando para que se tornem cada vez mais eficazes e adaptados a realidade em que se aplica. O psicólogo americano Robert P. Lifton nomeou a tarefa pós controle mental de reforma do pensamento, e salienta que o desejo em realizar tais lavagens seria por que todos querem criar uma forte oposição, buscando assim um mundo dividido.

A mente é suscetível

O local em que vivemos, as pessoas com quem nos relacionamos e o grupo em que de forma talvez inconsciente ou não estamos inseridos tem forte controle sobre o modo em que agimos, ainda que no fundo saibamos que agir de determinado modo esteja talvez errado. Um outro psicólogo americano o Dr. Solomon Asch foi um dos primeiros a estudar os que seguem lideres malucos e o que foi chamado de poder da conformidade, Asch estudou a capacidade dos humanos para receber impressões morais e mentais e a tendência a ser afetado emocionalmente por um grupo, em seus experimentos foi descoberto que a maioria das pessoas tem o conflito interno entre o desejo de fazer parte do grupo e o desejo de fazer o que é certo, e que na maioria dos casos o desejo de ser aceito supera o de fazer o que é certo, os cientista atribuem esse modo de agir ao fenômeno chamado de pensamento de grupo.

Como proteger sua mente de manipulações?

Ate aqui vimos que como um computador nossas mentes têm venerabilidades que pode ser manipuladas e que é suscetível às opiniões de um grupo. A escritora Kathleen Taylor nos aconselha a resistir aos discursos nacionalistas de políticos bem como a emoção que os lideres religiosos costumam usar para adquirir fieis. Termos nossas mentes blindadas através da busca de conhecimento, criar um pensamento critico, desconfiar de lideres políticos que visam dividir os indivíduos(raça, minorias,gênero etc.). Devemos focar na busca em ter nossas opiniões bem claras não deixando brechas e sem deixa-se levar pela afobação, um outro conselho de Taylor é que uma pitada de humor ajuda a escapar das emoções direcionadas e a ter uma perspectiva, tais emoções normalmente são gatilhos para a lavagem cerebral.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.